Como participar das Rotas de Integração

Publicação: 05/02/2014 | 11:05

Última modificação: 19/05/2015 | 20:58

É importante observar que para que um projeto seja beneficiado pelo Programa 'Rotas de Integração' há condições a cumprir e um roteiro a seguir, conforme as informações abaixo:

 

1. Condições para que um projeto seja beneficiado

  • Promoção da inclusão produtiva;
  • Priorização do público de baixa renda, sobretudo as famílias registradas no Cadastro Único para Programas Sociais - CadÚnico.

2. Definição do setor produtivo

Para classificar a qual setor o projeto pertence, serão analisados os seguintes aspectos:

  • Potencial de inclusão produtiva;
  • Afinidade com a identidade regional;
  • Sustentabilidade ambiental;
  • Vinculação à agricultura familiar;
  • Potencial de crescimento do setor;
  • Atividade intensiva em emprego;
  • Potencial de aprofundamento tecnológico;
  • Representatividade regional;
  • Potencial de encadeamento produtivo;
  • Setor amparado por outras iniciativas;
  • Organização social presente.

3. Roteiro

A implantação das 'Rotas' segue os passos abaixo:

  • Definição territorial - terão prioridade as regiões de mais baixa renda do País ou as áreas prioritárias da PNDR;
  • Prospecção de setores - serão definidos os segmentos da atividade produtiva para a estruturação das Rotas de Integração Nacional;
  • Pactuação federativa - serão pactuadas as Rotas (territórios, setores, parceria) com os governos estaduais e demais parceiros;
  • Ações finalísticas - serão definidos os Polos de Integração, a Carteira de Projetos, e a constituição de Câmaras Federais e Estaduais e Comitês Locais.