Últimas Notícias

Mais de 1,2 mil moradias entregues pelo Minha Casa, Minha Vida no Ceará

Mais de 1,2 mil moradias entregues pelo Minha Casa, Minha Vida no Ceará

Investimentos federais no empreendimento somam R$ 313 milhões. Ministro Gustavo Canuto participou da solenidade em Fortaleza
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 20/03/2019 | 15:20

Última modificação: 29/07/2019 | 19:11

Brasília-DF, 20/3/2019 - O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) entregou, nesta quarta-feira (20), mais de 1.200 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) no Residencial Cidade Jardim 2, em Fortaleza (CE). A solenidade contou com a presença do ministro Gustavo Canuto e do governador do Ceará, Camilo Santana.

"A entrega desses imóveis representa a realização de um sonho para os moradores. Empregamos recursos expressivos nas obras para que o sonho se tornasse realidade, e esperamos que essa política habitacional traga dignidade para as famílias e para o povo cearense. O Governo Federal presa sempre o cidadão em primeiro lugar", afirmou o ministro.

As unidades possuem área de 44,1 m² e de 43,7 m². O valor unitário é de aproximadamente R$ 63 mil. O conjunto fica a 13 quilômetros do Centro da cidade e possui acesso pavimentado. Além disso, os novos moradores contarão com toda a infraestrutura de iluminação pública, abastecimento e coleta de esgoto, além de parque infantil, quadras poliesportivas e centro comunitário. Os investimentos federais somam R$ 313 milhões.

Quando estiver totalmente concluído, o Residencial Cidade Jardim 2 terá 4.976 unidades e mais de 10 mil pessoas beneficiadas. O conjunto terá 150 moradias adaptadas para portadores de necessidades especiais.

Desde 2009, o Minha Casa, Minha Vida contratou aproximadamente 5,5 milhões de unidades habitacionais em todo o País. Destas, mais de 4 milhões já foram entregues, sendo cerca de 120 mil imóveis no Ceará.

O Programa é uma prioridade do Governo Federal, pois, além de garantir moradia digna às pessoas, representa um importante instrumento de desenvolvimento econômico e de geração de emprego e renda, sobretudo no setor da construção civil.

Por isso, o Ministério do Desenvolvimento Regional vem trabalhando no aperfeiçoamento da Política Nacional de Habitação, buscando integrar o MCMV às demais diretrizes de governo. O objetivo é focar na qualidade do ambiente construído e em estratégias acopladas ao desenvolvimento para atender integralmente às necessidades da população beneficiada.